Friends versus How I Met Your Mother

Por Emannuel

Dentre aqueles gêneros que permeiam toda a cultura pop, como as comédias românticas e as estórias de fantasmas, um dos meus preferidos é, sem dúvida, o do grupo de amigos. E, apesar de estar presente na literatura (A Espuma dos Dias, The Secret History) e no cinema (Quatro Amigas e um Jeans Viajante), é nas séries de TV que esse tipo de história encontra seu ambiente perfeito. Podemos dizer que existe até uma espécie de cânone, que vai desde Cheers até Happy Endings, passando por Golden Girls. Mas, na mente da nossa geração, são dois os exemplos que são unanimemente conhecidos: Friends e How I Met Your Mother.

As duas séries tem muito em comum. Além das semelhanças inescapáveis desse tipo de história, ambas tiveram que sobreviver no ar por várias temporadas, eram sobre pessoas com a mesma idade, vivendo no mesmo lugar. É possível até mesmo traçar alguns paralelos entre os personagens de uma e outra. Mas também existem muitas diferenças, que chegam a polarizar o público, um pouco naquele sentido de dividir o mundo entre as pessoas que preferem Friends e as que preferem HIMYM.

A origem de todas as diferenças entre as duas está, a meu ver, na forma que constituem os personagens. Os seis protagonistas de Friends são arquétipos. Cada um tem uma identidade pré-definida (o burro, a estranha, a patricinha etc.), que muda apenas superficialmente. Por exemplo, nas temporadas iniciais, Monica não era tão obsessiva quanto nas últimas, mas foi uma questão de tempo para encontrar a essência da personagem, não uma curva de amadurecimento. Isso é muito interessante numa série, pois os personagens passam a ser utilizados como elementos químicos. Com diferentes combinações ou situações, podemos atingir resultados novos, mas já conhecemos as propriedades de cada um. E essa familiaridade é uma das coisas que fazem com que nos apaixonemos pelas séries, como já disse antes. A graça não está em saber se o Joey vai fazer alguma coisa idiota, mas antes em que coisa idiota ele vai fazer dessa vez.

Já How I Met Your Mother parte de um princípio completamente distinto. Seu arco narrativo é uma história de aprendizado, de como o narrador Ted amadureceu até conhecer a mãe de seus filhos. Seus personagens estão constantemente enfrentando as consequências de suas ações, tendo que alterar seus comportamentos para encontrarem maneiras viáveis de realizar seus sonhos, românticos ou profissionais. Ao longo das temporadas todos os  personagens mudam drasticamente. Mesmo Barney, o personagem mais caricatural e raso, se transforma nas últimas temporadas, uma mudança drástica que faz com que seja o preferido da maioria das pessoas que veem a série. No entanto, a meu ver, os demais protagonistas são ainda mais interessantes, porque suas alterações são mais sutis e mais reais. E, se os arquétipos são o ponto forte de Friends, o de HIMYM é a representação da realidade. As angústias dos personagens fazem mais sentido justamente por não serem genéricas, exigindo um maior comprometimento do público com o mundo da série.

Essa diferença básica se desenrola em outras. Com seu modelo de personagens, Friends pode criar histórias isoladas, os conhecidos bottle episodes, que funcionam sozinhos, sem continuidade, por isso o enorme sucesso da série naquelas reprises na TV, nas quais sempre pegamos algum episódio aleatório. Apenas um contexto muito superficial é necessário para aproveitar um episódio de Friends. Em contrapartida, HIMYM construiu uma mitologia própria, com dezenas de piadas internas, de referências a temporadas passadas e, principalmente, a possibilidade de experiências narrativas, como flashbacks e condensar toda a última temporada nos acontecimentos de um único fim de semana.

É claro que não podemos desconsiderar que Friends veio primeiro, num cenário onde a TV ainda não estava na tal da sua Era de Ouro, o que obrigou a série a ser muito mais higienizada e contida do que HIMYM, que, por sua vez, pode usar a experiência da outra para se construir. Mas, nessa ordem, elas constituem uma espécie de história natural dos grupos de amigos na cultura pop.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s