Oi!

Oi. Nessa vida, tudo precisa começar de algum jeito. Parece que o melhor jeito é esse mesmo, “oi”. É simples? É. Mas tem um tom positivo, animado, até um quê de “com licença, desculpa te incomodar, é que…”. É que temos algo a dizer. É que a gente gosta (bastante) de falar, ler, escrever, pensar … Continue reading Oi!